Google+ Followers

domingo, 5 de maio de 2013

À Perdida

Não te percas, cara amiga
Hei de enviar um mapa à ti,
Hei de guia-lá até a Constelação do Cruzeiro
E de lá, há de encontrar-te.

E tocarás no amor e na esperança de algo - alguém - que há de amá-la,
Que há de completá-la...

Meu serviço?
Dar-te uma carona até lá
E sorrir, acenando, de dentro do carro alado.

Um comentário:

Caixa de Textos